quinta-feira, 10 de dezembro de 2015


Pergunta de Marcel Requião.

Sou advogado, estou com uma dúvida em relação a um caso de um cliente, gostaria que a senhora me auxiliasse. Meu cliente adquiriu um terreno em 1998 por meio de um instrumento particular e não fez por escritura pública. Ocorre, drª que o vendedor faleceu em 2014 e os seus herdeiros estão fazendo o inventário constando esse terreno como do espólio. Qual a medida judicial para resguardo do direito do meu cliente que é o adquirente de boa fé?

0 comentários :

Postar um comentário